Unidade da Polícia Civil chega ao SAC Salvador Shopping com atendimento para mulheres
Foto: Haeckel Dias/Ascom PC

No dia de mobilização por mais um ano da Lei Maria da Penha, as vítimas de violência doméstica e familiar terão mais um serviço de atenção e acolhimento, resultado de uma parceria entre a Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb) e a Polícia Civil.

Trata-se de mais uma facilidade que a Rede SAC passa a oferecer para o cidadão. Nesta segunda-feira (7), às 11h, será realizada a inauguração de uma unidade da Polícia Civil, no SAC Salvador Shopping, com a presença do secretário da Administração, Edelvino Góes, do secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner, da delegada-geral, Heloísa Campos de Brito, e demais autoridades.

Essa unidade contará com os serviços de registro de ocorrências para o público em geral, mas terá como foco o público feminino, com os serviços de depoimentos on-line pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM). A delegada-federal, Heloísa Campos de Brito, destaca que a iniciativa é um grande reforço na proteção das vítimas de violência doméstica e familiar.

“Em uma data tão emblemática, como o 7 de agosto, dia de mobilização pela Lei Maria da Penha, que neste ano completa 17 anos, a partir desta união de esforços e expertise do SAC com a Polícia Civil, está sendo implementado um serviço de acolhimento e eficiência, em um ambiente mais acessível para as mulheres. Não esquecendo que todos os cidadãos também terão mais agilidade e comodidade para registrar ocorrências. É esta integração interinstitucional que faz a diferença no cuidado com a população”, avaliou.

Vale ressaltar que os atendimentos serão por meio de agendamento no SAC Digital. O serviço de registro de ocorrências para o público em geral poderá ser realizado de segunda a sexta-feira, das 9 às 18h. Os depoimentos on-line para o público feminino serão realizados, inicialmente, às quartas-feiras, no turno vespertino.

Estrutura e privacidade

Com o intuito de viabilizar atendimentos com segurança e excelência, a unidade contará com três pontos de atendimento, com uma sala para a realização dos depoimentos on-line e outra para registro de ocorrências, para manter a segurança e o sigilo do cidadão comunicante ou da vítima.

No primeiro semestre de 2023, a Polícia Civil instaurou 13.153 inquéritos policiais, encaminhou para o Poder Judiciário outros 7.171 e já solicitou 3.064 medidas protetivas de urgência para vítimas de violência doméstica e familiar. Além do novo atendimento no SAC, as mulheres também contam com 15 DEAMs e nove Núcleos Especiais de Atendimento à Mulher (NEAMs), no interior.

A Polícia Civil também implementou o Departamento de Proteção à Mulher, Cidadania e Pessoas Vulneráveis (DPMCV), que reforçará a rede de atenção às vítimas de violência doméstica e familiar. As denúncias podem ser feitas por qualquer pessoa pelo Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública, ligando 181. Não é preciso se identificar.

Agosto Lilás: mês de conscientização no combate à violência contra a mulher

Agosto, um mês dedicado à conscientização pelo fim da violência contra a mulher. A campanha intitulada como Agosto Lilás busca chamar a atenção da sociedade para o tema e foi criada tendo como referência à Lei Maria da Penha, que completa 17 anos em 2023, e surgiu para amparar mulheres vítimas de violência doméstica.

Com essa unidade no SAC Salvador Shopping, o público feminino ganha mais um local para a defesa dos seus direitos, além de incentivo e mobilização da luta contra a violência doméstica e outros tipos de agressão contra o público feminino.

Para outras informações, a Secretaria da Administração (Saeb) ainda disponibiliza o site institucional do SAC (http://www.sac.ba.gov.br/) e o call center: (71) 4020-5353 (ligação de celular) ou 0800 071 5353 (ligação de fixo).

Fonte: Portal Gov Bahia