Tuberculose ocular: o que é, sintomas, causas e tratamento

HomeLifestyle

Tuberculose ocular: o que é, sintomas, causas e tratamento

A tuberculose ocular surge quando a bactéria Mycobacterium tuberculosis, que provoca tuberculose no pulmão, infeta o olho, causando sintomas como visão embaçada e hipersensibilidade à luz. Esta infecção pode também ser conhecida por uveíte por tuberculose, já que provoca inflamação das estruturas da úvea do olho.

Este tipo de infecção é mais frequente em pacientes com HIV, em pacientes já infectados com tuberculose em outro local do corpo ou em pessoas que vivem em locais sem saneamento básico para tratamento de esgotos e água residuais.

A tuberculose ocular tem cura, no entanto, o tratamento é demorado, podendo durar entre 6 meses até 2 anos, com o uso dos antibióticos recomendados pelo oftalmologista.


Sintomas de tuberculose ocular

Os principais sintomas de tuberculose ocular são:

  • Visão embaçada ou diminuição da visão;
  • Aumento da sensibilidade à luz;
  • Vermelhidão nos olhos;
  • Sensação de queimação nos olhos;
  • Moscas volantes;
  • Dor de cabeça.

Estes sintomas não estão presentes em todos os casos e podem variar muito de acordo com o local afetado que, normalmente, é a esclera ou a úvea do olho, podendo afetar um ou os dois olhos.

Muitas vezes, estes sintomas podem surgir quando a pessoa já tem o diagnóstico de tuberculose pulmonar e, por isso, é importante informar o médico, uma vez que pode ser necessário trocar o antibiótico utilizado.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da tuberculose ocular é feito pelo oftalmologista através da avaliação dos sintomas, histórico de saúde e de tuberculose, além do exame físico e oftalmológico, como a fundoscopia, para verificar alterações na retina ou no nervo óptico. Vejas os principais exames oftalmológicos.

Marque uma consulta com o oftalmologista na região mais próxima de você:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Oftalmologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.



Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.


Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

Para confirmar o diagnóstico da tuberculose ocular, o médico deve recolher uma amostra do líquido do olho, para ser analisado em laboratório e  confirmar a presença da Mycobacterium tuberculosis.

Possíveis causas

A tuberculose ocular é causada pela infecção pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, a mesma que causa a tuberculose pulmonar, provocando inflamação no olho, afetando principalmente a úvea, que é parte do olho formada pela íris, corpo ciliar e coroide, resultando em uveíte.

Leia também: Uveíte: o que é, sintomas e tratamento


tuasaude.com/uveite

No entanto, esse tipo de tuberculose pode afetar tanto as estruturas internas do olho, como também as eternas, como pálpebras, órbita ocular, glândula lacrimal, esclera ou córnea, por exemplo.

Como acontece a transmissão

A tuberculose ocular pode ser transmitidas por diferentes vias, sendo as principais:

  • Infecção ocular direta (tuberculose ocular primária): a bactéria infecta diretamente os olhos, através do contato direto da pálpebra ou da conjuntiva com a Mycobacterium tuberculosis;
  • Disseminação hematogênica (tuberculose ocular secundária): acontece quando a bactéria presente nos pulmões se dissemina pelo sangue chegando até o olho;
  • Reação de hipersensibilidade: ocorre devido a uma resposta imunológica nas estruturas do olho após exposição aos antígenos da tuberculose.

Embora existam três formas de transmissão da tuberculose ocular, a via mais comum é a hematogênica causada pela tuberculose pulmonar. Veja também outros tipos de tuberculose e como acontece a transmissão.

Como é feito o tratamento

O tratamento da tuberculose ocular é feito da mesma forma que o tratamento da tuberculose pulmonar e, por isso, é iniciado com o uso de 4 remédios, que incluem rifampicina, isoniazida, pirazinamida e etambutol, por cerca de 2 meses.

Leia também: Remédio 4×1 para tuberculose: o que é e como funciona


tuasaude.com/remedio-4×1-para-tuberculose

Depois desse tempo, o oftalmologista aconselha o uso de 2 desses remédios, geralmente por mais 4 a 10 meses, para garantir que a bactéria é completamente eliminada do organismo.

Em alguns casos, podem ainda ser receitadas colírio corticoide para aliviar os sintomas de coceira e queimação durante o tratamento.

Quanto tempo dura o tratamento de tuberculose ocular?

O tratamento da tuberculose ocular dura pelo menos 6 meses, sendo dividido em duas fases, utilizando a combinação de 4 antibióticos por 2 meses, seguido de outros 2 antibióticos por 4 meses. Entenda como é feito o tratamento para tuberculose.

Uma vez que o tratamento é demorado, é muito importante seguir todas as orientações do médico, para que a bactéria seja eliminada e não continue se desenvolvendo, tornando-se resistente e difícil de eliminar.

Prevenção da tuberculose

A melhor forma de evitar o contágio com tuberculose é tomar a vacina BCG, que é aplicada no recém nascido, no hospital logo após o nascimento.  

Além disso, outras formas de prevenir a tuberculose são evitar o contato próximo com pessoas infectadas, evitar trocar talheres, escovas ou qualquer outro objeto que possa entrar em contato com a saliva de outras pessoas.

Leia também: Transmissão da tuberculose: como se pega e como evitar


tuasaude.com/contagio-da-tuberculose

Imagem do autor

Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.





100% dos leitores

acham este conteúdo útil



(27 avaliações nos últimos 12 meses)

Histórico de atualizações

Atualizamos regularmente os nossos conteúdos com a informação científica mais recente, para que mantenham um nível de qualidade excepcional.

Bibliografia
  • LUDI, Z.; et al. Diagnosis and biomarkers for ocular tuberculosis: From the present into the future. Theranostics. 13. 7; 2088-2113, 2023
  • NEUHOUSER, A. J.; SALLAM, A. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Ocular Tuberculosis. 2023. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK559303/>. Acesso em 03 abr 2024
  • BETZLER, B. K.; et al. Clinics of ocular tuberculosis: A review. Clin Exp Ophthalmol. 49. 2; 146-160, 2021
  • BASU, S.; et al. Pathogenesis of ocular tuberculosis: New observations and future directions. Tuberculosis (Edinb). 124. 101961, 2020

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!

COMMENTS