SEC avalia 2023 e planeja acoes para 2024 2
Foto: Divulgação

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) deu início, nesta segunda-feira (26), no Complexo Costa do Sauípe, à terceira etapa do diálogo com coordenadores pedagógicos da rede estadual de Educação. O encontro, que se configura como pré-jornada pedagógica, prossegue até quarta-feira (29), com o objetivo de promover formação continuada em serviço e avaliar o percurso pedagógico da rede e da gestão para o ano letivo de 2024.

A secretária da Educação do Estado, Adélia Pinheiro, destacou a importância do encontro. “Estamos recebendo, em um diálogo com coordenadoras e coordenadores pedagógicos de toda rede estadual de Educação para que, ao longo de dois dias, seja realizada formação com momentos de compartilhamentos de conhecimento dos fazeres dos coordenadores, mas, também, momentos de monitoramento do trabalho realizado em 2023 e de planejamento para as atividades de 2024. É, portanto, um diálogo planejado para que eles e elas possam se enxergar na rede e a rede se enxergar como rede, no acolhimento do estudante, na centralidade de todo o processo educativo que nós realizamos.”

Adélia Pinheiro, secretária de Educação do Estado

O evento conta com a presença de 1.034 participantes, dentre coordenadores pedagógicos, equipes pedagógicas e diretores dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTEs). A programação inclui discussões em torno de temas como “Diálogo sobre uma educação para a sustentabilidade: conexões entre os objetivos de desenvolvimento sustentável e a Educação Básica”; “Diálogo sobre os fundamentos do devir no currículo da Educação pública da Bahia”; “Diálogo sobre uma educação para a diversidade: promovendo a inclusão e a igualdade de oportunidades”; “Diálogo político-pedagógico com os Núcleos Territoriais de Educação: alinhamentos para o ano letivo de 2024”; “Análise dos resultados de aprendizagem e planejamento para 2024”, e “Organização do ano letivo de 2024”.

SEC avalia 2023 e planeja acoes para 2024
Foto: Divulgação

Para a coordenadora pedagógica Patrícia Nunes, que atua no Centro de Apoio Pedagógico Grapiúna, unidade de educação inclusiva da rede estadual localizada em Itabuna, o encontro é fundamental. “Concretiza um planejamento em que a Rede Estadual de Educação valoriza os indivíduos que atuam nesse processo de aprendizagem dos estudantes. Sua importância se dá pelas discussões propostas, pelos temas em discussão e, principalmente, pelo trabalho que será desenvolvido no ano letivo em 2024”, disse.

A também coordenadora pedagógica Sandra de Souza, do Colégio Estadual do Campo Santo Antônio do Argoim, de Rafael Jambeiro, afirmou que o encontro formativo fortalece a sua prática pedagógica: “aqui, são realizados estudos e reflexões com foco na aprendizagem significativa dos estudantes. Ao retornar para as atividades cotidianas do colégio, é possível socializar com os professores o aprendizado construído e redimensionar práticas”.

Fonte: Ascom/SEC