Uma massa de ar mais quente do que o normal está fazendo com que o Brasil enfrente um calor fora do comum em pleno final de inverno.

Estar exposto a esse calor tão intenso – especialmente entre meio-dia e quatro horas da tarde – pode causar alterações no organismo que oferecem risco à saúde.

Os riscos são maiores para pessoas com comorbidades; idosos, especialmente aqueles com saúde fragilizada; crianças, por ainda estarem com o organismo em formação; trabalhadores como os vendedores ambulantes, que precisam se expor ao sol; e aqueles que fazem uso de medicações que por algum motivo os tornem mais vulneráveis ao calor.

Para se proteger e aliviar o mal-estar causado pelas temperaturas altas, o primeiro passo é manter-se hidratado e, se possível, em ambientes frescos.

Outras dicas incluem fazer refeições leves, evitar álcool e cafeína, que contribuem para a desidratação, e proteger o corpo com protetor solar, chapéu e óculos.

Se alguém apresentar sinais de delírio, convulsões e inconsciência, chame ajuda médica imediatamente.

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil! E se quiser ler mais notícias, clique aqui: https://www.bbcbrasil.com

#bbcnewsbrasil #shorts #calor #clima #temperatura