“Olha quantos meninos jogaram, isso vale muito”

HomeEsporte

“Olha quantos meninos jogaram, isso vale muito”

Foto: Vítor Silva/Botafogo

Fábio Matias valoriza a base em vitória do Botafogo: “Olha quantos meninos jogaram, isso vale muito”

O Botafogo
derrotou o Boavista por 2 a 0 na noite deste domingo, no Estádio Nilton Santos, pela final da Taça Rio e se sagrou Bi-campeão da competição. O Glorioso foi a campo com uma equipe reserva e após a partida, o técnico Fábio Matias fez questão de valorizar o elenco alvinegro.

“Uma das coisas principais que a competição nos deu foi a minutagem dos atletas. Um clube como o Botafogo tem que ter atenção à base, sou suspeito para falar. Essa questão da rodagem dos meninos, atletas que estavam no DM, atletas que precisam de ritmo, hoje tivemos atletas que têm condição de serem titulares na quarta-feira. Isso é fundamental para o Botafogo e fundamental para o tamanho que o Botafogo terá daqui para frente, com Copa do Brasil e Libertadores” disse.

Nos últimos dias o Botafogo acertou a contratação do técnico português Artur Jorge, no entanto, Fábio Matias ainda deve ser o treinador contra o Junior Barranquilla, na quarta-feira, na estreia da fase de grupos da Conmebol Libertadores. Quando perguntado sobre seu futuro no clube, ele fez questão de agradecer a oportunidade.

“O trabalho continua, independente de estar à frente como treinador. Nunca é dever cumprido, nossa obrigação é entregar da melhor forma. Tenho que dar suporte para as pessoas que estão vindo. É um início bom com todos os percalços que tivemos. Olha quantos meninos jogaram, isso vale muito. O lateral-esquerdo que jogou hoje estava na Dallas Cup, tiramos ele de lá e ele jogou, olha quanto ganho. Dever cumprido é o que você entrega e larga, eu não sou assim. Minha forma de ser é ajudar. Hoje temos dois profissionais da base, Rafael e Lucas. Além de formar jogadores, estamos formando profissionais dentro do clube para que as pessoas reconheçam o DNA do clube. O Botafogo está fazendo isso” completou.

Artur Jorge tem mais uma partida à frente do Braga, de Portugal, na partida desta segunda-feira, contra o Portimonense, e viajará ao Brasil na terça-feira. Fábio Matias evitou falar sobre o novo comandante, que ainda não foi anunciado oficialmente pelo Botafogo.

“Todas as situações relacionadas a quem virá a melhor pessoa para responder é o John, é concentrado tudo nele. Sou funcionário do Botafogo, não de treinador. Fiz o meu melhor para o Botafogo, fazemos tudo pelo clube. Sou funcionário do clube, sou staff permanente. Em situações de crise, você tem o permanente para sustentar. Tem quarta-feira, você tem que entregar bem. Posteriormente, você tem que perguntar para o John. Se eu elogiar mais, vão achar que é conveniência (risos). Tem que deixar tudo organizado, e fizemos isso. Cabe dizer ao John como as coisas vão funcionar daqui para frente” concluiu .

Importância do título para a continuidade da temporada 

Fábio Matias destacou a oportunidade usar garotos durante toda a Taça Rio e também sobre a importância do título para o seu futuro profissional. O treinador é auxiliar permanente do alvinegro e voltará para a sua função anterior após a chegada de Artur Jorge.

“Precisava quebrar a barreira da base para o profissional. Tínhamos um trabalho muito sólido na base, trabalhei com bons jogadores na base, mais de 20 que estão na Europa, é um privilégio isso. Meu momento é ótimo, sou auxiliar técnico permanente do clube, mas minha ideia a médio e longo prazo é ser treinador. Essa é a experiência que eu preciso hoje. O auxiliar técnico tem que servir hoje, e isso não é fácil. Você tem que ter humildade, compreensão e saber falar. Tudo isso está me capacitando para em médio prazo dar um salto na carreira. Mas muito pelo o que o Botafogo faz por mim” finalizou.

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!

COMMENTS