Mais de 365 mil casos de Covid foram em grávidas e mais de 3 mil delas morreram

26

Dados do Escritório da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) identificaram que nos últimos dois anos, mais de 365 mil casos de Covid-19 foram notificados em mulheres grávidas nas Américas, e mais de 3 mil delas morreram. Em coletiva de imprensa sobre a atuação da Covid-19 nas Américas nesta quarta-feira (2), a Diretora da Organização Pan-Americana da Saúde, Carissa Etienne, informou que uma em cada três mulheres que necessitaram de cuidados intensivos não os acessaram a tempo e mais de 90% das 447 gestantes do estudo já apresentavam risco de vida quando internadas no hospital. "Quase 77% deram à luz prematuramente e quase 60% dessas crianças nasceram com baixo peso, questões que podem influenciar a saúde de uma criança ao longo da vida", informou. A diretora ainda alertou que a doença teve um impacto "impressionante" na mortalidade materna com as interrupções nos serviços de pré-natal e a falta de acesso a cuidados que fizeram com que mais mulheres grávidas morressem. O maior número de casos ocorreu entre mulheres hispânicas e brancas não hispânicas.Fonte: