Lewandowski dá show e Bayern massacra RB Salzburg na Champions

16

Robert Lewandowski fez hat-trick em 11 minutos

O Bayern de Munique garantiu vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões, nesta terça-feira (8), ao golear o Salzburg, da Áustria, por 7×1, na Allianz Arena, em Munique. O atacante polonês Robert Lewandowski foi o destaque da partida, com três gols. Ele é o artilheiro da competição com 12.

A expectativa em Munique era de um jogo equilibrado e repleto de emoções como havia sido na partida de ida na Áustria, quando os times ficaram no empate por 1×1. O começo ratificou tudo isso e com dois minutos a partida já somava três belas oportunidades de gol.

Lewandowski, que sequer finalizou a gol no primeiro duelo, quase abriu o placar com um minuto de jogo, mostrando que estava com forme de gols. O Salzburg não se intimidou e devolveu o ataque alemão com Capaldo e Kristensen.

O duelo continuou bastante disputado, mas, aos 12 minutos, Wober derrubou Lewandowski dentro da área. O artilheiro bateu com categoria e abriu o placar.

O Salzburg achou que poderia equilibrar a disputa e partiu para o ataque, mas apresentou mais uma vez sua fragilidade defensiva. Wober voltou a derrubar Lewandowski. O VAR dedou que foi dentro da área e o polonês mais uma vez cobrou o pênalti com maestria: 2×0, aos 21 minutos.

Dois minutos depois, agora com a bola rolando, Lewandowski fez o terceiro dele na partida, o 12º nesta edição da Liga dos campeões e o 85º em toda a sua história na principal competição de clubes da Europa. Lançado, o centroavante disputou com o goleiro, viu a bola bater na trave e só empurrou para dentro.

Destroçado, o Salzburg perdeu todas as suas forças e ainda viu Gnabry aproveitar uma saída errada de bola para fazer o quarto gol do Bayern, aos 31 minutos.

O segundo tempo serviu de treino para o Bayern, pois o Salzburg apenas torcia para o tempo passar rápido. Com isso, após boa troca de passes, Thomas Müller girou bonito para fazer o quinto gol da partida, aos nove minutos.

A partir daí, o Bayern adiantou sua equipe até a metade de campo e passou a abusar da troca de passes. A atitude pareceu irritar os austríacos, que forçaram a marcação e conseguiram o gol de honra aos 25 minutos, com Kjaergaard. A forte finalização acertou o ângulo direito de Neuer, que nem se mexeu.

A tentativa de forçar a marcação cansou o Salzburg, com isso havia tempo para mais gols do Bayern. Aos 38, após mais uma troca de passes, Thomas Müller fez o sexto. Aos 40, com direito a toque de calcanhar de Lewandowski, Sane fechou: 7×1.

Liverpool perde da Inter de Milão, mas avança
O Liverpool perdeu pela primeira vez em 2022 nesta terça-feira (8). Jogando em Anfield, viu sua sequência de 15 partidas sem derrotas acabar com 1×0 para uma brava Inter de Milão. Mas, como havia ganhado por 2×0 a ida, os Reds avançaram às quartas de final.

O gol italiano veio aos 15 minutos do segundo tempo, em chutaço de Lautaro Martínez no ângulo, após saída errada de Matip. Mas a festa durou um minuto. Alexis Sánchez entrou forte em Fabinho e acabou expulso logo depois. A partir daí, o Liverpool retomou o controle e administrou o resultado.

O time inglês vinha de 12 vitórias e três empates no ano e tinha campanha perfeita na Liga dos Campeões, com sete triunfos. Desde 28 de dezembro, quando levou 1×0 em visita ao Leicester, pelo Campeonato Inglês, que os comandados de Jürgen Klopp não eram batidos.

O resultado negativo na Champions, contudo, não desanimou a torcida, que festejou a vaga. Por pouco, a invencibilidade seria mantida. A equipe da casa parou na trave em três oportunidades e ainda viu o chileno Vidal salvar quase em cima da linha nos acréscimos.

A partida, aliás, teve cinco minutos de pausa no primeiro tempo, para atendimento de um torcedor que passou mal nas arquibancadas. A torcida usou os celulares como lanternas para ajudar os médicos a chegarem ao local onde estava o fã do Liverpool.