Jiboia regurgita saruê e é resgatada pela Semac em Porto Seguro

HomeBahia

Jiboia regurgita saruê e é resgatada pela Semac em Porto Seguro

Uma jiboia que regurgitou um saruê foi resgatada por uma equipe da Secretaria de Meio Ambiente e Causa Animal (Semac), em Porto Seguro, na manhã de quarta-feira (20). O animal foi encontrado no bairro Mangabeira, próximo ao Anel Viário.

A Semac recebeu uma solicitação para a captura da serpente e, após o resgate, a encaminhou ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), unidade do IBAMA responsável pelo tratamento e reabilitação de animais silvestres.

A jiboia está em bom estado de saúde e, após o período de reabilitação no CETAS, será reintroduzida em seu ambiente natural.

É possível que o saruê fosse grande demais para a jibóia digerir, o que a levou a regurgitá-lo

Por que a jiboia regurgitou o saruê?

A regurgitação da presa por uma jiboia pode ter diversas causas, como o tamanho excessivo da presa, o estresse causado pela captura ou transporte, ou até mesmo uma doença. No caso da jiboia resgatada em Porto Seguro, a causa específica da regurgitação não foi identificada.

É importante destacar que as jiboias não são peçonhentas, ou seja, não possuem veneno que possa matar humanos. Elas matam suas presas por constrição, as enrolando e as sufocando.


WhatsApp do RADAR: