Hospital Roberto Santos conclui obras do Centro de Hemorragia Digestiva

26

Uma nova etapa das obras de ampliação do Hospital Roberto Santos (HGRS) foi inspecionada pela secretária de Saúde da Bahia, Adélia Pinheiro, nesta quarta-feira (2). Nesta etapa mais recente, será entregue a requalificação e ampliação do Centro de Hemorragia Digestiva (CHD), que já está com quase 100% de obras finalizadas. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o CHD contará com equipamentos capazes de realizar procedimentos endoscópicos diagnósticos e terapêuticos, incluindo métodos avançados como a Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscópica (CPRE), nas modalidades ambulatorial e de internação hospitalar. A nova unidade do HGRS contará com 13 leitos, sendo 1 de isolamento no ambulatório, além de 4 salas de internamento com dois leitos. Haverá também 6 salas para realização de exames e 4 leitos no centro de recuperação pós-anestésica. "Em 2021 o Governo do Estado investiu quase R$8 bilhões na área da Saúde e o Hospital Roberto Santos faz parte disso. Aqui é uma unidade resolutiva e buscaremos sempre articular para que os melhores resultados sejam alcançados, qualificando e atendendo as necessidades de saúde da nossa população", afirma Adélia Pinheiro, apontando que somente em janeiro de 2022 foram 17.558 atendimentos no hospital. As intervenções na unidade fazem parte de um investimento de R$ 80 milhões em modernização, equipamentos e novas instalações. Dentre os investimentos recentemente entregues está a nova emergência, entregue em 23 de dezembro de 2021. A emergência foi ampliada de 24 para 32 leitos, deste total, três leitos na sala vermelha, 15 leitos na sala laranja e 12 leitos na sala amarela – sendo um de isolamento. O serviço conta ainda com sala de acolhimento com classificação de risco, quatro consultórios para atendimento médico, laboratório, sala de procedimentos, sala de prescrição, sala de serviço social, farmácia, conforto médico e de enfermagem, sala para polícia civil e sala para polícia militar.Fonte: