Fuga em Mossoró: apuração interna do MJ reconhece falhas de segurança

HomeBrasil

Fuga em Mossoró: apuração interna do MJ reconhece falhas de segurança

A Corregedoria-Geral da Secretaria Nacional de Políticas Penais, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), concluiu relatório sobre a fuga de dois detentos da Penitenciária Federal de Mossoró. O documento aponta que houve falhas nos procedimentos carcerários de segurança.

O procedimento, que avalia a responsabilidade de servidores da penitenciária no caso, no entanto, concluiu que não há indícios de corrupção.

Em razão das falhas apontadas pela corregedora-geral, Marlene Rosa, foram instaurados três processos administrativos disciplinares (PADs) envolvendo dez servidores.

Outros 17 servidores assinarão Termos de Ajustamento de Conduta (TAC), no qual se comprometem com uma série de medidas, entre as quais, não poder cometer as mesmas infrações e ter de passar por cursos de reciclagem.

Em nota, o MJSP informou que a corregedora ainda determinou a abertura de uma nova “investigação preliminar sumária” para continuar as apurações referentes às causas da fuga, com foco nos problemas estruturais da unidade federal.

A íntegra do relatório, informou a pasta, não será divulgada para não prejudicar a nova investigação e os procedimentos correcionais que estão sendo instaurados.

Fuga na madrugada

Deibson Cabral Nascimento, o “Deisinho” ou “Tatu”, e Rogério da Silva Mendonça escaparam da prisão de segurança máxima por volta das 3h30 de 14 de fevereiro. Os criminosos, que são integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV), fugiram por um buraco na parede de uma das celas.

Até o momento, a dupla não foi localizada pela força-tarefe que atua na região.

Para a fuga, que é considerada a primeira desde a inauguração desse tipo de prisão no Brasil, os detentos utilizaram ferramentas da obra que ocorria na unidade prisional. As câmeras do local não capturaram o momento, porque não estavam funcionando.

A Penitenciária Federal de Mossoró foi inaugurada em julho de 2009 e fica em uma área rural no Rio Grande do Norte.

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!

COMMENTS