Estado inaugura centro de acolhimento para pacientes em tratamento no Hospital da Mulher

19

No Dia Internacional da Mulher, nesta terça-feira (8), o governador Rui Costa inaugurou a Casa da Mulher e o Centro de Ensino e Pesquisa. Localizadas na Rua Rio São Francisco, no bairro de Monte Serrat, as unidades visam promover acolhimento para o tratamento de saúde e ampliar estudos.

O investimento na construção das unidades foi de mais de R$ 5 milhões. Durante a inauguração, o governador Rui Costa circulou pelo local para mostrar os principais setores. O projeto contempla um casarão, mirante, consultórios, salão de atividades e área externa, além de 45 leitos de acolhimento.

Governador entrega flores a Rozinete Souza Ribeiro (Emilly Tifanny/ Correio)

Como meta para abril, Rui informou que pretende zerar a fila de exames de diagnósticos e cirurgias eletivas de mulheres nos hospitais e laboratórios do estado até o fim do próximo mês. Em homenagem ao dia da mulher, o governador presenteou a primeira mulher que será acolhida na casa, Rozinete Souza Ribeiro, com um buquê de flores, antes de iniciar sua fala. "É um prazer poder acolher mulheres nesse espaço. O nosso objetivo é fazer pesquisa, acolhimento e tratamento paliativo no mesmo lugar", declara.

Além do governador da Bahia, estiveram presentes na inauguração a secretária da Saúde do Estado, Adélia Pinheiro, e outras mulheres à frente de cargos políticos, como a deputada Olívia Santana.
O equipamento é um local de ensino e pesquisa e um ponto de acolhimento e cuidado para
mulheres com algum tipo de câncer e que realizam tratamento no Hospital da Mulher, em Salvador, garantindo a continuidade da terapia das pacientes residentes que vivem em municípios acima de 100 quilômetros da capital.

No local, as residentes contarão com dormitórios com capacidade para 45 pessoas, banheiros adaptados, refeitório, cozinha experimental, além de área de lazer.

*Com orientação da subchefe de reportagem Monique Lôbo