Espanha. 699 dias depois, máscara deixa de ser obrigatória

18

O governo espanhol aprovou, em Conselho de Ministros, nesta terça-feira, o fim do uso de máscaras de proteção contra a covid-19 na maioria dos espaços interiores.

O fim da medida surge 699 dias desde o seu início, a 20 de maio de 2020, tal como destaca o El País. Assim, a partir de amanhã, quarta-feira, deixa de ser necessário usar máscara em espaços fechados na Espanha, exceto nos transportes públicos, hospitais, lares e farmácias.

A ministra da Saúde espanhola, Carolina Darias, assinalou que é “um dia importante” no país e que a decisão foi tomada face ao “contexto epidemiológico favorável que permite o relaxamento de um dos elementos mais simbólicos da pandemia”.

O governo relembra, contudo, que se deve fazer um uso “responsável” do equipamento de proteção, sobretudo por parte de pessoas mais vulneráveis.

Sublinhe-se que a medida hoje aprovada já estava prevista há algumas semanas.

É de notar que nas escolas da Catalunha a máscara já tinha deixado de ser obrigatória nesta terça-feira. Algo que só amanhã será alargado a toda a Espanha.

Fonte: Notícias ao Minuto