Entenda a reação em cadeia que acontece com da seca do rio Paraná

O rio Paraná, que percorre quase 5 mil quilômetros desde sua nascente no Brasil até sua foz no Rio da Prata, está secando.

Trata-se do segundo maior rio da América do Sul depois do Amazonas, um alimentado por importantes afluentes, como o Iguaçu, onde ficam as cataratas, e que drena o sul do continente – Paraguai, Argentina, Bolívia e o sul do Brasil. É ali, na fronteira entre Brasil e Paraguai, que fica a Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Especialistas apontam o desmatamento descontrolado, a crise do clima e ciclos naturais como causas da seca dos últimos anos.

Com tanta gente que depende das águas do rio Paraná – alguns de maneira óbvia, outros de forma indireta -, a BBC News Brasil explica neste vídeo a reação em cadeia causada por sua seca.

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil! E se quiser ler mais notícias, clique aqui: www.bbc.com/portuguese

#BBCNewsBrasil #MeioAmbiente #Seca