Em evento com Tabata e Boulos, ministro da Educação lança Pé-de-Meia em SP

HomeEducação

Em evento com Tabata e Boulos, ministro da Educação lança Pé-de-Meia em SP

O programa Pé-de-Meia para estudantes secundaristas foi lançado oficialmente em São Paulo nesta quarta-feira (3).

O anúncio foi feito pelo ministro da educação, Camilo Santana, que esteve acompanhado pelos deputados federais e pré-candidatos às eleições municipais da capital paulista, Tabata Amaral (PSB) e Guilherme Boulos (PSOL).

A iniciativa funciona como um estímulo financeiro-educacional na modalidade de poupança para evitar a evasão escolar no país.

Desta forma, cada estudante inscrito terá direito a receber 10 parcelas de R$ 200 para utilizar como quiser e outros R$ 1.000 por ano que poderão ser sacados ao final do ensino médio.

O montante será depositado automaticamente em uma conta da Caixa Federal que possua o CPF do aluno.

De acordo com o ministro Camilo Santana, o governo federal irá disponibilizar para o estado de São Paulo cerca de R$ 1 bilhão que poderão contemplar aproximadamente 330 mil alunos do ensino médio regular de baixa renda ou aqueles que possuem entre 19 e 24 anos e estão matriculados no EJA.

O projeto Pé-de-Meia é de autoria da deputada Tabata Amaral e tramitou por cerca de quatro anos nos corredores do Congresso Nacional. Até agora, 16 estados já foram contemplados com a modalidade.

Clima entre os pré-candidatos

Colegas de Câmara de Deputados, Tabata e Boulos dividiram as atenções durante a coletiva de imprensa do ministro Camilo Santana.

Ambos estiveram ao lado de Santana e demonstraram cordialidade um com o outro, mesmo sendo rivais no pleito municipal.

Durante a solenidade, somente Tabata utilizou a palavra para discursar e salientar a importância do programa Pé-de-Meia. Boulos deixou o auditório antes de o evento encerrar.

Após a programação, a deputada salientou a boa convivência entre os dois.

“A política é isso. Eu não concordo com todo mundo que é meu interlocutor. É meu papel como deputada federal conversar com quem o povo escolheu. Tenho orgulho de trabalhar e ter um bom diálogo com o governo federal e com o ministro Santana, além de ter um bom diálogo com o governador Tarcísio. É isso que as pessoas esperam de mim. Às vezes você vai estar ao lado de um concorrente, ao lado de quem você não votou e está tudo bem”, disse.

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!

COMMENTS