Uma década após chegar ao poder, o general Abdul Fattah Al-Sisi parece caminhar para mais um mandato à frente do Egito.

O presidente se manteve como favorito nas eleições apesar da economia em rápido declínio e das críticas de parceiros ocidentais e grupos de direitos humanos ao autoritarismo do seu governo.

Al-Sisi também é o responsável pelo projeto ambicioso – e caro – de construção da nova capital do país no meio do deserto.

A cerca de 45 km a leste do Cairo, a nova cidade já tem um custo estimado de 50 bilhões de dólares e ainda não está totalmente finalizada.

Mas no resto do país, a população enfrenta uma inflação que bateu recorde em setembro deste ano, além de taxas de pobreza que não param de crescer, desvalorização da moeda local e um controle cada vez maior sobre a imprensa, redes sociais e manifestações populares.

Neste vídeo a repórter Julia Braun, da BBC Brasil em Londres, fala da trajetória do Egito desde a Primavera Árabe – e como o país deixou esse período para trás e mergulhou na crise.

#bbcnewsbrasil #egito #políticainternacional