Covid: 4ª dose de vacina recupera proteção gerada no auge da 3ª

40

A aplicação de uma quarta dose da vacina contra o coronavírus apenas restaura a proteção conquistada com uma terceira aplicação, é o que afirma um estudo israelense. Os resultados sugerem que existe um teto da resposta imunológica e doses adicionais só recuperarão a proteção perdida ao longo do tempo. De acordo com informações do portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, o estudo analisou a aplicação de uma quarta dose das vacinas da Pfizer e da Moderna, produzidas com tecnologia de RNA mensageiro, em 274 profissionais de saúde. Ambas as marcas da vacina geraram um aumento de quase 10 vezes na produção de anticorpos neutralizantes contra a Covid dentro de duas semanas após a aplicação da quarta dose da vacina. Para a variante Ômicron, a neutralização do vírus cresceu em oito vezes, restaurando a resposta imunológica que foi obtida logo após a terceira dose. "Globalmente, estes dados levantam a possibilidade de que a quarta dose não aumente a imunidade mas simplesmente a restaura para níveis máximos. Ainda devemos observar se a diminuição desta quarta dose será em um ritmo semelhante ao observado após a terceira dose e se será diferente entre os dois grupos de vacinas do mRNA", indica o estudo.Fonte: