Conselho Nacional dos Direitos Humanos reabre investigação do assassinato do ex-deputado Rubens Paiva na ditadura

HomePolítica

Conselho Nacional dos Direitos Humanos reabre investigação do assassinato do ex-deputado Rubens Paiva na ditadura

O Conselho Nacional dos Direitos Humanos anunciou nesta terça-feira a reabertura da investigação sobre o assassinato do ex-deputado Rubens Paiva. Apuração da Comissão da Verdade, do governo federal, esclareceu que Rubens Paiva foi sequestrado e morto pela ditadura militar.
A reabertura das investigações foi aprovada por 6 votos e uma abstenção. A relatoria do caso no conselho ficará a cargo do conselheiro André Carneiro Leão.
Rubens Paiva, engenheiro e político, foi detido por agentes do regime militar sob acusações nunca comprovadas de subversão e desapareceu nas mãos do Estado.
Seu caso tornou-se um dos mais simbólicos da luta contra a impunidade dos crimes cometidos durante os anos de chumbo, período marcado por violações sistemáticas de direitos humanos, incluindo tortura, assassinatos e desaparecimentos forçados.

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!

COMMENTS