Cerveja sem garçom: startup baiana permite que consumidor customize bebida via app

43

Aviel Dafna, ceo da AICerv: desejo era abrir cervejaria artesanal mas identificou potencial ao ver dificuldade de produtores em servir adequadamente o consumidor final

A quantidade ideal, o colarinho daquele jeito e a temperatura também. A cerveja perfeita, ao alcance de um aplicativo. Em um futuro não muito distante assim, não se admire se chegar em uma cervejaria e ter a sua bebida customizada por inteligência artificial, desde o tamanho do copo até a altura do colarinho. E na hora de pedir para descer mais uma rodada, nem pense em chamar o garçom. É o mesmo aplicativo que vai prontamente se encarregar disso.

O nome do novo funcionário da casa é Beverator e ele promete que vai dar o seu melhor para servi-lo. A tecnologia pioneira foi criada pela startup baiana AICerv, que desenvolve soluções inovadoras para cervejarias artesanais. Na prática, o Beverator substitui os barris convencionais de aço inox, como explica o ceo da empresa, Aviel Dafna:

“O Beverator é uma solução compacta e inteligente para cervejarias artesanais distribuírem os seus produtos via AiKegs – produto patenteado e exclusivo nosso, feito de fibra de vidro e polímero. Cada equipamento possui quatro AiKegs, contendo até quatro estilos diferentes de cerveja. Para comprar um copo de cerveja o cliente precisa baixar o aplicativo e escanear o código QR do equipamento".

A partir daí, a plataforma vai abrir um menu interativo com informações sobre a cervejaria e o estilo de cerveja que ele pretende comprar, incluindo custo, promoções, cupons e programas de fidelidade. O app é gratuito e está disponível para iOs e Android. Ele pode ser baixado em qualquer lugar, mas vale lembrar que ele só funciona conectando-se a um Beverator, instalado na cervejaria que tem o equipamento.

“Desenvolvemos um sistema robusto capaz de reconhecer cada estilo de cerveja e a maneira correta de servi-la automaticamente. Após pedir a cerveja e autorizar o pagamento, o algoritmo identificará o copo e depois da confirmação escolhida pelo cliente, o Beverator serve a cerveja de forma autônoma, sem auxílio do garçom”, complementa Dafna.

Além disso, os barris do Beverator não precisam de CO2 para serem operados e são controlados por meio de sensores e do sistema RFID – tecnologia de radiofrequência para identificar, contar e rastrear produtos. Foram necessários dois anos para desenvolver o produto, trabalho que começou a partir da vontade de abrir uma cervejaria artesanal.

“No decorrer das nossas pesquisas, nos deparamos com as necessidades e dificuldades encontradas por cervejarias artesanais com a sua jornada para chegar até o seu consumidor. Hoje, contamos com uma equipe multidisciplinar composta por engenheiros, designers e programadores, que de maneira conjunta, possibilita a integração de tecnologias de ponta em nossos equipamentos”, comenta.

Automação
A previsão de chegada do Beverator no mercado é no segundo semestre de 2022. Porém, a AICerv já tem contratos fechados com duas cervejarias baianas, a Mindubier e Híbrida, além de outras marcas dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal. A startup nasceu em Salvador, através da Progema – empresa americana de tecnologia com sede no Vale do Silício -, vale atualmente R$ 2 milhões e deve chegar até o final do ano com o faturamento de R$ 6 milhões e projeção de R$ 66 milhões, em 2023.

“Por ser um setor altamente competitivo, as cervejarias artesanais buscam por inovação a todo momento. Estamos em negociação com mais 32 cervejarias aqui no Brasil e em outros países como EUA, Bélgica, Alemanha, Cingapura e Japão. Nossa expectativa é chegarmos a 600 Beverators em operação em todo território nacional”, ressalta o ceo da AICerv.

A startup realizou testes no Hub Salvador, no Parque Tecnológico da Bahia e em alguns restaurantes e eventos, com mais de 800 pessoas envolvidas. Foram servidos 8.035 copos de cerveja artesanal. Experiência que deu uma dimensão do tipo de cerveja que o baiano gosta, como analisa Aviel Dafna.

“Por ser uma cidade litorânea e com um clima quente, constatamos que as cervejas que tiveram mais aceitação foram as larger e pilsen, justamente por conta de sua refrescância e facilidade de beber. Porém, as pessoas têm demonstrado cada vez mais vontade e curiosidade de experimentar novos estilos mais marcantes, como a IPA (India Pale Ale) e APA (American Pale Ale)”.

E se alguém está se perguntando se é o fim do seu bom e velho amigo garçom, Dafna garante que não: “Nossa solução não irá extinguir os garçons, muito pelo contrário, estamos aqui para dar uma mãozinha a eles. Por ser um equipamento de autosserviço, o Beverator além de desafogar o serviço do garçom, pode ser alocado em espaços que jamais imaginados antes, como lobby de hotéis, condomínios e aeroportos”.

Experiência
Para o sócio fundador da Híbrida Cervejaria, Guilherme Uzeda, a tecnologia no mercado cervejeiro vem proporcionando, cada vez mais, uma aproximação do consumidor com a bebida. A Híbrida tem desenvolvido receitas inovadoras, como a APA Goiaba e a Fruit Beer de Tangerina.

“A tendência é de que haja cada vez mais um consumo direto, com menos intermediários na cadeia. Já estamos vivenciando a era de intermediação de aplicativos, de produtos em geral. Percebemos um consumidor cada vez mais independente e decidido sobre o que quer consumir”, comenta.

Localizada em Buraquinho, Lauro de Freitas, a Híbrida produz 5 mil litros de cerveja artesanal por mês. “Temos inúmeros avanços tecnológicos de equipamentos e insumos, mas também de aplicativos e redes sociais que propiciam experiências das mais diversas e todas complementares à experiência de degustar uma boa cerveja. Sabemos que o serviço tradicional não deixará de existir, porém, novas ideias para o consumo de cerveja sempre serão bem recebidas”, defende Uzeda.

SOBRE O BEVERATOR

Onde baixar o app
O app é gratuito e está disponível tanto para Android como iOS. Lá, também vai ser possível acessar promoções, programas de fidelidade da cervejaria e fazer o pagamento da cerveja.

Como funciona
Após baixar o aplicativo, o cliente vai escolher como quer sua cerveja levando em consideração preferências como o tamanho do copo, colarinho e temperatura, por exemplo. Em seguida, é só escanear o código QR do equipamento e se servir.