Bebê de 18 meses morre vítima de ataque a Mariupol

32

Todos os ucranianos têm sofrido as consequências de perto da invasão russa. Um casal assistiu o filho de 18 meses ser levado inconsciente para o hospital depois de ter sido fatalmente ferido, enquanto bombardeavam a sua casa em Mariupol, no sul da Ucrânia.

A mãe do menino, de apenas 18 anos, ficou tão perturbada que desmaiou nos braços do namorado questionando o "porquê, porquê, porquê?", depois de os médicos não terem conseguido salvar o bebê, Kirill Yatsko, atingido por estilhaços na cabeça.

Os pais, Marina e Fedor, correram para um hospital, mas não houve nada que pudessem fazer. Os médicos colocaram uma máscara de oxigênio no rosto de Kirill e massagearam o seu peito enquanto o coração parecia já ter parado. Utilizaram ainda um desfibrilador, mas sem sucesso.

An 18-month-old Ukrainian boy, Kirill Yatsko was killed yesterday by Russian shelling. An AP photographer was at the hospital when the desperate parents came running in hoping doctors could save their baby boy. From CNN today. Please look at all 4 photos if you can stand to pic.twitter.com/doQBUzGZUv

— Northern Sparrow (@NorthernSprw) March 6, 2022

A última vez que viram o filho foi enrolado num cobertor. A mãe tirou a coberta e se despediu do menino.