Bahia abrirá 20 novos leitos de UTI pediátrica para covid nos próximos 15 dias

32

Com o aumento na taxa de ocupação da de UTI pediátrica para covid-19 em todo o estado, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) informou que abrirá 20 novos leitos nos próximos 15 dias.

"Até a quinta-feira (10), abriremos 10 novos leitos de UTI pediátrica para acolher nossa população infantil e, nos próximos 15 dias (abriremos) mais 10 leitos", disse a secretária de Saúde Adélia Pinheiro, em entrevista à TV Bahia.

A decisão ocorre após um questionamento do Ministério Público da Bahia (MP-BA) sobre a previsão de abertura de novos leitos pediátricos para o tratamento da doença. O MP-BA considerou o aumento das taxas de ocupação das UTI para crianças na capital e no interior do estado.

Nesta terça-feira (08), a taxa de ocupação da UTI pediátrica na Bahia é de 84%, com com 37 do total de 44 leitos disponíveis. Em Salvador, 90% dos leitos de UTI's infantis estão ocupados, equivalente a 27 leitos do total de 30.

O secretário municipal da Saúde (SMS), Léo Prates, afirmou, ainda nesta terça, que boa parte dos leitos infantis são ocupados por crianças do interior do estado. "Hoje, temos mais leitos pediátricos na cidade de Salvador do que o governo no estado. Na alta complexidade, dos 16 leitos pediátricos, 10 são de pessoas do interior. Então, o prefeito está fazendo mais do que a sua obrigação", disse.

O prefeito Bruno Reis (DEM) apelou para que o governo do estado disponibilize mais vagas. "Em relação aos leitos, eu peço que o estado possa mobilizar mais leitos. Ontem eu fazia uma análise, com nossa equipe, dos 20 leitos que a prefeitura dispõe, apenas 6 são ocupadas por crianças de Salvador. Nunca fizemos essa distinção, sempre tratamos e sempre trataremos a todos e iremos ofertar leitos aos nossos irmãos do interior da Bahia, de onde eu também sou, mas agora precisamos efetivamente que o governo do estado mobilize mais leitos", disse.

Em nota, a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) disse que está em contato com o MP.

"A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia recebeu o ofício do Ministério Público no final da tarde de ontem (7) e fará os esclarecimentos necessários para o órgão. Cabe ressaltar que, desde o início da pandemia, o Ministério Público é informado regularmente sobre o cenário epidemiológico, as tendências e o planejamento da pasta estadual", diz a pasta.