Apresentador da Record sofre assalto à mão armada e chora ao vivo

HomeÚltimas Notícias

Apresentador da Record sofre assalto à mão armada e chora ao vivo

Tiro disparado na direção de João Fernandes acertou o carro do jornalista; caso aconteceu em João Pessoa, na Paraíba

Resumo
João Fernandes, apresentador da TV Correio, afiliada da Record, sofreu uma tentativa de assalto à mão armada na última terça-feira, 2, em João Pessoa, Paraíba. Ele narrou o momento ao vivo. Aos prantos, João disse que acelerou o carro ao entender que se tratava de um assalto. Em reação, o criminoso efetuou um disparo que atingiu o carro do apresentador, mas não o feriu.




Apresentador do Correio Manhã chora ao vivo ao relatar assalto

Apresentador do Correio Manhã chora ao vivo ao relatar assalto

Foto: Reprodução/TV Correio

Acostumado a noticiar as ocorrências na capital da Paraíba, o jornalista João Fernandes se emocionou ao contar um caso em que ele mesmo era o protagonista. O âncora da TV Correio, afiliada da Record no estado, sofreu uma tentativa de assalto à mão armada na última terça-feira, 2. Ao reportar a situação ao vivo, o apresentador chorou e relembrou os momentos de pânico. 

Tudo aconteceu quando Fernandes estava fazendo seu trajeto diário para a emissora. O apresentador do programa Correio Manhã estava em seu carro quando foi abordado por três assaltantes armados em uma rua de João Pessoa. 

“A gente começa o Correio Manhã nesta terça falando de uma tentativa de assalto que aconteceu agora pela madrugada na Rui Carneiro, na altura do bairro Brisa Mar, aqui na capital”, narrou. 

Com a voz embargada, o jornalista seguiu relembrando o momento de tensão. “Três bandidos invadiram a pista para tentar parar um veículo, os veículos que estavam passando pela avenida para tentar assaltar…”, disse. Emocionado, ele revelou em seguida aos espectadores: “Só que há um detalhe nessa história: a pessoa que estava era eu”.

Tiro atingiu carro do apresentador

João Fernandes continuou se esforçando para detalhar o ocorrido enquanto era tomado por emoção. Isso porque, além do susto do assalto, ele quase foi atingido por um tiro. Por sorte, o disparo pegou o carro do apresentador.

“Tentaram parar o meu carro, e eu assustei na hora. Eu só vi os três entrando na minha frente, um deles armado. Na hora, eu não soube o que fazer, eu apenas acelerei o carro. Apenas acelerei com medo. Foi quando eu ouvi um disparo”, detalhou.



João Fernandes é âncora em afiliada do SBT

João Fernandes é âncora em afiliada do SBT

Foto: Reprodução/TV Correio

Aos espectadores, ele ainda mostrou fotos do carro com a janela estilhaçada após o tiro. “É o que eu sempre falo e repito aqui no programa: quando não dá certo o assalto, eles atiram por pura maldade. O tiro acertou bem aqui, na lateral do meu carro, bem no vidro lateral”, apontou.

Chorando, Fernandes contou que só pensou na família depois que o susto passou. No entanto, ele destacou que é difícil não imaginar o que poderia ter acontecido. “E pensar que o cara que atirou, que para mim era um menor de idade, atirou para acertar, para matar. É maldade. Por pouco o tiro não acerta em mim. Por muito pouco”, comentou. 

Tudo aconteceu às 4 horas da manhã, horário em que Fernandes costuma sair de casa para trabalhar. Por isso mesmo, o apresentador admitiu no programa que já tinha pensado na possibilidade de uma siuação perigosa acontecer com ele.

“Sempre que eu saio de casa tá escuro ainda. Eu sempre, por trazer notícia aqui para o programa e por ver isso acontecer em vários pontos, em São Paulo principalmente dos caras invadirem a frente do carro, eu sempre visualizei essa situação e pensar o que eu faria nessa hora”, contou.

“Eu só pensei em escapar, em sair dali. Por que eu acelerei o carro? Eu fiquei com medo de parar e, mesmo levando o carro, eles atirarem em mim. Por me reconhecer, ou só por atirar mesmo, eles fazem por maldade”, acrescentou.

Nas redes sociais, Fernandes fez questão de agradecer o apoio do público após o relato e escreveu: “É triste saber que outras vítimas que passaram e passam pelo que enfrentei hoje, não tiveram nem tenham o mesmo livramento”. 

Confira vídeo:

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!

COMMENTS