Após torcedores invadirem partida no México, briga generalizada deixa 22 feridos

48

Uma partida da 9ª rodada do Campeonato Mexicano terminou em violência generalizada, na noite do último sábado (5). Segundo a imprensa local, a briga entre torcedores teria resultado em ao menos 22 feridos e 17 mortes. O governo local, contudo, nega que tenha havido óbitos.

As cenas de violência começaram depois que torcedores dos times em campo, Atlas e do Querétaro, invadiram o gramado do estádio La Corregedoria aos 15 minutos do segundo tempo. No momento, o placar apontava 1 a 0 para o Atlas, com um gol do jogador Julio Furch.

Segundo a Fox Sports México, os torcedores do Querétaro teriam invadido o gramado. A segurança teria falhado e, em seguida, os rivais do Atlas também saíram da arquibancada em direção ao campo. Divulgadas em redes sociais, as imagens dos momentos seguintes à invasão provocaram perplexidade.Em algumas, famílias correm com crianças para se proteger, enquanto torcedores são vítimas de espancamento.

O governador de Querétaro, Mauricio Kuri, condenou o episódio. "A empresa proprietária de Gallos e as instiuições deverão responder pelo ocorrido. Dei instruções para que a lei seja aplicada com todas as suas consequências. Em Querétaro, não há impunidade", publicou, em seu perfil no Twitter.