Três boas notícias recentes para as pessoas com a Doença de Alzheimer.

Primeiro – novas drogas se mostram promissoras no controle da doença

O Alzheimer afeta a memória, a tomada de decisão e a capacidade de raciocínio.

Isso é o que chamamos de função cognitiva.

Elementos chamados de placas amiloides se acumulam no cérebro das pessoas com a doença.

As novas drogas agem destruindo essas placas.

Os resultados de pesquisas com essas duas novas drogas foram publicados neste ano.

E mostraram um impacto positivo sobre a função cognitiva dos pacientes, desde que usadas nos primeiros estágios da doença. Esses remédios estão sendo avaliados pela Anvisa, mas ainda não estão aprovados no Brasil.

A segunda boa notícia é o avanço em pesquisas sobre como os neurônios morrem em pessoas com Alzheimer.

Pesquisadores acreditam terem descoberto a ligação entre as placas amiloides e a destruição dos neurônios.

E a boa notícia número 3 é que há cada vez mais ferramentas para detectar a doença.

No ano passado, houve um grande avanço no desenvolvimento de um exame de sangue simples, que ajuda os médicos a detectar a doença precocemente.

Ainda estamos longe de conseguir curar o Alzheimer, que é uma entre tantas causas de demência.

Mas os avanços trazem alguma esperança onde antes não havia nenhuma.

Leia mais sobre o assunto: https://www.bbc.com/portuguese/articles/c25zrxgee10o

#bbcnewsbrasil #shorts #saúde #alzheimer #demência #boasnoticias