Alares, operadora independente de serviços de telecomunicações, implementou com sucesso um piloto de Wi-Fi 6E no Carnatal 2023, tradicional micareta de Natal/RN. O evento ocorreu de 8 a 10 de dezembro de 2023 e contou com mais de 70 mil pessoas presentes ao redor da Arena das Dunas.

A operadora, que foi a fornecedora oficial de Internet da 32ª edição do evento, instalou infraestrutura Wi-Fi 6E para ser utilizado ao longo dos três dias de festa.  Os mais de 34 bares que atendiam aos foliões utilizaram a tecnologia para viabilizar os pagamentos em cartão. As emissoras de TV e rádio também usaram a tecnologia para transmitir as lives nas redes sociais.

“Enfrentamos o desafio de proporcionar conectividade em um ambiente com altíssima demanda de Internet, tanto para download quanto para upload e asseguramos uma experiência superior a todos, sem margem para falhas. Para isso, instalamos mais de 5.000 metros de fibra óptica e optamos por usar a tecnologia Wi-Fi 6E, que é muito resistente à interferência e permite atender mais pessoas. Comprovamos isto ao manter conectados mais de 600 usuários simultâneos nos camarotes da Alares e da Skol Beats”, relata Denis Ferreira, CEO da Alares.

“Isto foi possível através do esforço da nossa equipe de engenheiros e técnicos e ao suporte da equipe organizadora do Carnatal”, complementa o CEO.

Estrutura disponível no evento

O Wi-Fi 6E – também conhecido pelo seu nome técnico IEEE 802.11ax – é uma das tecnologias mais avançadas e eficientes em termos de entrega de dados. Em comparação com o Wi-Fi convencional, apresenta notável escalabilidade, permitindo atender um maior número de usuários simultâneos. Além disso, oferece mais eficiência, maior resistência à interferência (um atributo crucial em ambientes complexos, como eventos) e contribui para a economia de energia dos dispositivos conectados.  

A montagem da infraestrutura da Alares para entregar acesso à Internet no Carnatal levou em conta possíveis riscos de intempéries, calor excessivo e alto volume de pessoas. “Nossa rede suportou as transmissões simultâneas de todas as emissoras, que em alguns casos se estenderam por mais de 20 horas, o uso contínuo de todos os meios de pagamento e a altíssima demanda de conectividade de centenas de usuários”, adiciona Denis Ferreira.

Próximos passos

Após do sucesso deste piloto, o objetivo da empresa é acelerar o uso de Wi-Fi 6E, particularmente em ambientes complexos com alta demanda de tráfego. Além disso, a empresa já está planejando a introdução da nova geração de conectividade sem fio: o Wi-Fi 7.

“Além do lançamento comercial do Wi-Fi 6E em 2024, estamos trabalhando com nossos parceiros para a chegada de Wi-Fi 7. Queremos disponibilizar essa tecnologia assim que haja dispositivos homologados pela Anatel, idealmente ainda em 2024”, finaliza o CEO.

299660?partnerId=3799