O verão é caracterizado pelo calor e nos últimos dias as temperaturas foram elevadas, causando inclusive mal-estar em algumas pessoas. Vale ressaltar que as altas temperaturas exigem cuidados redobrados com a hidratação e a alimentação, principalmente com idosos e crianças.

A nutricionista Elsa Elisabete Porfírio, que atende no Centro Médico do Hospital VITA, em Curitiba, relata que a escolha dos alimentos certos e a maneira adequada de prepará-los é uma das dúvidas mais frequentes no consultório. Segundo ela, o ideal é incluir na dieta alimentos frescos como frutas, legumes, hortaliças e preparações leves, evitando frituras e refeições muito calóricas, ricas em açúcares e gorduras.

Elisabete conta que uma alimentação refrescante pode ajudar a combater a sensação de calor e a indisposição causadas pelas temperaturas elevadas. Ela explica que um dos motivos do corpo pedir mais água é devido ao aumento da temperatura corporal e do suor.

Segundo a nutricionista, queixas de fadiga, enxaqueca ou mesmo perda de apetite também ocorrem e a causa está relacionada à perda de sais minerais pelo suor. Elisabete alerta que para evitar esses sintomas é importante ingerir bastante líquido, cuidar da pele com filtro solar e manter uma alimentação adequada.

“Outra maneira de cuidar da alimentação em dias de calor é fazer um planejamento alimentar, uma lista de compras que inclua alimentos mais frescos, cuidar do intestino consumindo mais fibras, além de caprichar na hidratação”, ressalta a nutricionista.

A especialista listou algumas dicas que podem contribuir para a saúde e para aproveitar melhor a estação:

Hidratação

O ideal é beber 35ml de água para cada quilo de peso corporal durante o dia, basta fazer a conta, por exemplo se o peso é 60 Kg, deve-se multiplicar 60 x 35 que equivale à necessidade diária de 2,1 litros. Além disso, pode-se tomar sucos naturais sem adoçar, água de coco – que repõe eletrólitos – e chás de ervas gelados, que também contribuem para frutas a hidratação do organismo.

Escolher frutas com mais água para compor a dieta

“As são excelentes opções para a estação. Melancia, mamão, melão, morango, uva, maracujá, laranja, ponkan, e abacaxi, possuem mais de 70% de água na composição”, exemplifica a nutricionista.

Comer verduras frescas duas vezes ao dia

Outra dica da nutricionista é aumentar a ingestão de legumes, hortaliças e verduras que combatem os sintomas causados pelo calor, pois são ricos em água, minerais e vitaminas. “Aconselha-se comprar as verduras da época: cenoura, couve, folhosos diversos, rabanete, tomate, brócolis, vagem, berinjela, repolho e pepino, que são leves, nutritivos e também hidratam”, destaca.

Ingerir mais proteína

Elisabete explica que a proteína auxilia na saciedade, além da carne vermelha, frango, ovos e peixe, outras opções de proteínas são as vegetais, que compreende a lentilha, grão de bico, variados tipos de feijões, soja e ervilha. “As proteínas ajudam a satisfazer o apetite, sendo de origem animal ou vegetal”, frisa a nutricionista.

Cuidado ao comer fora de casa

A especialista faz um alerta sobre quando houver a necessidade de comer fora de casa. De acordo com ela, a pessoa deve ter atenção, é preciso escolher locais confiáveis, com ambiente limpo e arejado, e optar por pratos com alimentos frescos e leves que hidratam o corpo.

Montando o cardápio

Elisabete explica que o ideal é fazer o desjejum todos os dias, ingerir frutas e iogurtes em dias muito quentes, sucos também são bem-vindos. “É necessário almoçar bem, pode-se incluir arroz com feijão, que é uma boa opção​, e aumentar a ingestão de verduras​, além da proteína​, que deve ser cozida, assada ou grelhada. Deve-se evitar frituras”, frisa. Outra sugestão da nutricionista é fazer pequenos lanches nos intervalos entre as refeições. Já no jantar, a sugestão é fazer uma refeição leve.

O site do Ministério da Saúde disponibiliza o Guia Alimentar para a População Brasileira, material elaborado por profissionais da área da saúde, no qual contém 10 passos para uma alimentação saudável.

“A pessoa deve fazer exames, agendar consultas e claro, ter cuidados como manter o organismo hidratado e ter uma rotina alimentar que promova mais saúde e liberdade para desfrutar a estação do sol, o tão esperado verão”, ressalta a nutricionista. O Centro Médico das duas unidades do Hospital VITA presta atendimento particular e a convênios.

 

293596?partnerId=3799