Em 2022, o Girafa Comércio Eletrônico, e-commerce brasileiro especializado em tecnologia, completou quinze anos desde sua fundação em outubro de 2007 e investiu em um posicionamento de marca que fez com que o site se tornasse o principal canal de receita, com um crescimento de duas vezes em relação a 2021.

O e-commerce atua com as linhas smartphone, eletrônico, informática, eletroportáteis e saúde e beleza, investindo nos chamados e-consumidores. Com efeito, o número de brasileiros que consomem no ambiente virtual cresceu 24% em 2022, em relação a 2021, segundo dados da NielsenIQEbit.

O estudo demonstra que a adesão às compras on-line aumentou, mesmo com o fim das medidas de isolamento social que, até então, estavam vigentes por conta da pandemia de Covid-19 e inviabilizaram o comércio tradicional.

Aliás, o mercado digital deve atingir R$ 185,7 bilhões de faturamento em 2023, conforme levantamento realizado pela ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

Em 2024, o setor deve chegar a R$ 205 bilhões e passar para R$ 225 bilhões em 2025, ainda de acordo com dados da “Previsão de vendas no e-commerce para os próximos 5 anos”. Para 2026, a entidade projeta que o segmento irá gerar uma receita de R$ 248 bilhões, número que pode chegar a R$ 273 bilhões em 2027.

Flavia Mattos, diretora de marketing e e-commerce do Girafa, destaca que o trabalho de reposicionamento de marca da empresa foi essencial para que o negócio chegasse aos atuais resultados.

“Visitamos o passado para entender o que é o DNA do Girafa e como isso se refletiria nos próximos anos. Entendemos que o futuro era o nosso site mais forte e preparado para oferecer a melhor experiência de compra on-line possível”, afirma. 

Mattos explica que o e-commerce contou com o apoio de uma consultoria especializada em reposicionamento e, após percorrer a trajetória da empresa, foi possível desenhar as estratégias de negócio do empreendimento.

“Antes do reposicionamento de marca, 20% da nossa receita vinha do site e 80% vinha do marketplace, após o reposicionamento, esse número inverteu, então acredito que estamos indo para o caminho certo”, considera.

Maggie Peart, Diretora Financeira e Operações da empresa, pontua que desde sua origem, o Girafa teve o cliente no centro de tudo, e que apesar da evolução e do trabalho de rebranding, o cliente ainda pode contar com uma experiência de compra online mais tranquila. 

Para mais informações, basta acessar: https://www.girafa.com.br/

292896?partnerId=3799