Um estudo recente, conduzido pela Conversion junto à consultoria Leap/KPMG, revelou que a maioria dos profissionais de marketing (66,3%) acredita que o orçamento destinado à modalidade vai aumentar nos próximos quatro anos. Enquanto isso, 28,7% afirmaram que não sabem ou que não haverá mudança, e apenas 5,1% informaram que haverá redução.

Além disso, quase metade (43,6%) dos entrevistados se declararam otimistas em relação aos próximos quatro anos da economia brasileira, ao passo que somente 22,7% disseram que estão pessimistas.

Segundo Rafael Fernandes, founder na Escalade, assessoria de marketing digital, “para buscar resultados expressivos em marketing digital é fundamental acompanhar os indicadores corretos de acordo com cada etapa do funil”. Esse acompanhamento, diz ele, “é fundamental para otimização das campanhas, aumentando a receita e diminuindo o custo”.

Ele explica que em campanhas de marketing digital é importante ter uma estratégia full funnel, ou seja, campanhas com foco em brand awareness, consideração e compra, separando os indicadores e objetivos para cada etapa do funil. 

“No topo de funil, em campanhas de descoberta de marca, a estratégia deve ser a segmentação de acordo com o público-alvo do negócio”, diz. “Além disso, os principais indicadores devem estar vinculados ao acompanhamento do alcance e da frequência, ou seja, a quantidade de usuários e de vezes que cada pessoa vê o anúncio”, esclarece.

Rafael Fernandes também explica que nas campanhas de meio de funil (consideração), onde o usuário já conhece sua marca, as campanhas já podem ser mais específicas com os diferenciais do seu produto ou serviço com foco no tráfego do seu site em páginas mais informativas com formulários para captação de leads – e-mail e telefone – com o objetivo de qualificar para a compra.

“Nessa etapa [meio de funil], acompanhar cliques nas campanhas, taxa de cliques, sessões sem o bounce rate – usuários que entram e efetivamente navegam no site – e volume de leads são as mais relevantes”, pontua. 

Por último, Rafael Fernandes aborda a camada de venda: “Nessa etapa, apelos comerciais e descontos são importantíssimos. Portanto, é importante acompanhar a taxa de conversão (sessões x vendas), custo de aquisição (verba investida x volume de vendas) e entender qual canal está performando melhor, como campanhas Google e Facebook, entre outros”. 

Para concluir, o founder na Escalade lembra que o maior diferencial do marketing digital é a mensuração, que pode ser realizada realtime, utilizando ferramentas gratuitas como o Google Analytics. “Com esses dados, é possível otimizar com agilidade as campanhas com foco em aumentar exponencialmente os resultados e reduzir custos”. 

Para mais informações, basta acessar: http://escalade.digital/

290576?partnerId=3799