As inscrições para o prêmio “Território Criativo” foram lançadas, na última sexta-feira (25/08), durante a primeira fase do V Seminário de Economia da Cultura realizado em Uberlândia-MG. Os interessados em participar da premiação podem inscrever, entre o dia 26 de agosto e 20 de setembro deste ano, os trabalhos por meio do link disponível na internet, onde também está disponível o regulamento de participação.

O prêmio é o único do interior de Minas Gerais que tem como objetivo reconhecer experiências em que o uso de “tecnologias artístico-culturais” resultou em algum tipo de impacto positivo ou ganho econômico, entendendo economia para além aspecto unicamente financeiro, como a ciência da gestão de recursos.

Para concorrer ao prêmio, podem ser inscritos ações, projetos, pessoas ou instituições de 90 cidades mineiras, que têm a cobertura da TV Paranaíba, emissora do Grupo Paranaíba, parceiro do Seminário de Economia da Cultura. “Serão quatro categorias: Singularidade Artística, Inovação e Solução, Arranjo Produtivo e Transversalidade. Estamos abrindo a oportunidade para que artistas de Minas Gerais e produtores culturais possam inscrever seus projetos, tendo em vista um reconhecimento que é inédito na área”, informa o diretor da Balaio do Cerrado Produtora, Rubem dos Reis, responsável pela organização do V Seminário de Economia da Cultura e pela condução do prêmio.

O V Seminário de Economia da Cultura será realizado em conjunto com a XII Semana da Cultura Popular. Os eventos são promovidos pela Balaio do Cerrado Produções, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e patrocínio da TS Trim do Brasil e contam com o apoio do Grupo Paranaíba (que contempla a TV Paranaíba, afiliada Record TV, além da Paranaíba FM e Educadora 90.9) e o Sebrae Minas.

Para o superintendente do Grupo Paranaíba, Rogério Silva, neste momento de altíssimo estímulo de investimento ao setor cultural, o Grupo Paranaíba sente-se feliz em poder apoiar a realização desse prêmio. “Cremos firmemente na qualidade das inscrições e na escolha dos melhores trabalhos em cada categoria. A comunicação em Uberlândia e todo o entorno do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba é dinâmica e, por certo, nosso papel é dar fluidez e atrair máximo possível de atenção para a causa”, declarou.

Na avaliação de Rubem dos Reis, esse prêmio inédito vem para incentivar ações culturais que contribuem para a economia da cultura. “Será um reconhecimento de muitas atividades que fazem a economia girar, geram empregos e nem sempre são valorizadas nesse sentido. Uma maneira também de a sociedade perceber que ações culturais têm um peso importante no mercado e colaboram na distribuição de renda social”, comenta.

O troféu

O vencedor do prêmio “Território Criativo”, além de conquistar o reconhecimento inédito na área, receberá uma premiação no valor de R$ 3.000,00 e um troféu estilizado, que foi desenvolvido pelo artista mineiro plástico Fauster Martins. Inspirado numa conjugação entre abstração e figuração; entre o pensamento criativo e o executável, e o concreto, o artista pensou no formato de um balaio de bambu. “Esse objeto tradicional e típico da artesania foi abstraído a uma fragmentação. A trama condensa conceitos que são também atitudes necessárias na nossa reformulação social. Há necessidade urgente de nos tornarmos mais maleáveis, dinâmicos, flexíveis e articulados, no campo social, cultural e artístico. Nesse sentido, o troféu simboliza as iniciativas valorizadas e cultivadas no V Seminário de Economia da Cultura”, explica.

Seleção

Os vencedores do prêmio serão conhecidos na segunda etapa XII Semana da Cultura Popular e V Seminário de Economia da Cultura programados para os dias 26 e 27 de outubro deste ano.

Serviço:

O quê: inscrições para o prêmio “Território Criativo”

Quando: 26 de agosto a 20 de setembro de 2023

Quem: ações, projetos, pessoas ou instituições de 90 cidades mineiras

Link para as inscrições

290119?partnerId=3799