Entre os dias 22 e 23 de setembro de 2023, a cidade de Santa Luzia-MG recebeu a quinta edição da Feira do Empreendedorismo 2023. O evento foi organizado pela secretaria de desenvolvimento econômico de Santa Luzia-MG. A feira é a maior plataforma de negócios da cidade e atraiu um público de dois mil visitantes por dia.

O destaque da Feira do Empreendedorismo 2023 de Santa Luzia foi a adesão aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). A iniciativa foi planejada para promover não apenas o empreendedorismo, mas também a conscientização empresarial sobre questões de sustentabilidade agregada aos negócios.

O objetivo da Feira do Empreendedorismo foi criar um ambiente propício à oferta e procura de oportunidades de negócios, levando soluções tecnológicas, criativas e inovadoras ao público presente, além de aumentar a rede de relacionamento e promover novas parcerias. 

A estrutura da feira contou com espaço de desenvolvimento econômico destinado para grandes indústrias, comércios, serviços e parceiros; Espaço de criatividade e inovação voltado às empresas que apresentam inovações criativas em seus produtos e serviços e aos empreendedores que utilizam do capital intelectual para gerar renda; O espaço da informação e conhecimento foi direcionado à realização de palestras, workshops, oficinas e rodadas de negócios; Além de duas praças de alimentação e o espaço tecnologia que foi destinado às empresas atuantes no ramo tecnológico.

Segundo Leandro Santos, secretário de desenvolvimento econômico de Santa Luzia-MG: “com o objetivo de fazer uma feira que seja impressionável, inovadora, encantadora e impactante e referência na nossa região foi utilizado como inspiração o quadro noite estrelada de Van Gogh  e buscou-se simbolizar o desejo de criar um evento que não apenas promova o empreendedorismo, mas também celebre a beleza e a importância da sustentabilidade e da preservação ambiental na geração dos negócios”.

O empreendedor luziense Diercio Ferreira da escola de idiomas Yázigi Santa Luzia relatou que “a feira do empreendedor foi uma experiência transformadora focada pelo propósito de um futuro mais sustentável e próspero. É importante promover uma educação global e ressaltar que o evento impulsionou o desenvolvimento local sustentável e moldou um futuro mais brilhante para Santa Luzia”.

Como as empresas podem alavancar os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS)?

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), representam um chamado global para a ação com o intuito de erradicar a pobreza, preservar o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas. Estes objetivos visam assegurar que todas as pessoas, em todos os recantos do mundo, possam desfrutar de paz e prosperidade e promover um futuro mais sustentável e equitativo para todos.

As empresas podem desempenhar um papel crucial na promoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) adotados pela ONU. Abaixo, estão algumas maneiras de como as empresas podem contribuir para cada uma das dimensões dos ODS.

Erradicação da Pobreza (ODS 1): emprego e renda justa ofertando oportunidades de emprego, especialmente em áreas economicamente desfavorecidas com salários justos para os funcionários. Além do investimento em comunidades locais desenvolvendo iniciativas de responsabilidade social corporativa que apoiem as comunidades como programas de educação e treinamento.

Fome Zero (ODS 2): apoio à agricultura sustentável investindo em práticas agrícolas sustentáveis, promovendo técnicas de cultivo eficientes e responsáveis. Bem como, a redução do desperdício de alimentos pela implementação de estratégias para minimizar o desperdício de alimentos ao longo de toda a cadeia produtiva.

Saúde e Bem-Estar (ODS 3): promoção da saúde dos funcionários pelo fornecimento de ambientes de trabalho seguros e saudáveis, além de oferecer programas de bem-estar aos colaboradores. Também, promover o desenvolvimento de produtos e serviços que contribuam para um estilo de vida saudável.

Educação de Qualidade (ODS 4): investir em educação de qualidade estabelecendo programas de educação e treinamento para os funcionários. Bem como, apoiar iniciativas educacionais em comunidades locais.

Igualdade de Gênero (ODS 5): promoção da inclusão garantindo a igualdade de oportunidades em todos os níveis da empresa e garantir que homens e mulheres recebam salários justos por trabalho igual ou de igual valor.

Água Limpa e Saneamento (ODS 6): uso responsável da água pela implementação prática para conservar água e minimizar sua poluição, além de promover o acesso à água potável.

Energia Acessível e Limpa (ODS 7): transição para fontes de energia renovável investindo em energia limpa, como solar e eólica para reduzir a pegada de carbono da empresa. Além da eficiência energética pela adoção de práticas e tecnologias que reduzam o consumo de energia.

Trabalho Decente e Crescimento Econômico (ODS 8): promoção do emprego digno pelo fornecimento de empregos seguros, adequadamente remunerados e com condições justas de trabalho para os funcionários. Além do estímulo à inovação e empreendedorismo apoiando iniciativas inovadoras e empreendedoras contribuindo para o crescimento econômico sustentável.

Indústria, Inovação e Infraestrutura (ODS 9): focar em investimento para a inovação sustentável e desenvolver produtos e processos inovadores que tenham menor impacto ambiental. Assim como, investir em infraestrutura que promova o desenvolvimento econômico e social de forma sustentável.

Redução das Desigualdades (ODS 10): promoção da inclusão social adotando políticas que reduzam disparidades sociais e econômicas, promovendo a igualdade de oportunidades.

Essas são algumas sugestões e as empresas podem escolher focar em áreas específicas que estejam mais alinhadas com suas atividades e valores. É fundamental que as ações sejam transparentes e integradas à estratégia de negócios, demonstrando um compromisso real com o desenvolvimento sustentável.

280934?partnerId=3799